Murilo Gun

Quem está online

Temos 48 visitantes em linha

Enquete

O que você achou do nosso site ?
 

Assista

Parceiros

Admmauro Gomes

Siga-nos



PoesiAbsoluta
VITAL: HOMEM DE PALAVRA PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Vi tal homem de palavra
ou melhor, da palavra
lavoura que a lavra resenha
entre grãos de milho e milhares de mostarda.

 
QUASE TUDO SOBRE QUASE NADA PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

FIZ O CURSO DE HISTÓRIA, na antiga Faculdade de Filosofia de Pernambuco – FAFIPE, defronte da Fratelli Vita, na rua da Soledade – Recife. O golpe de 64 fez alterar o conteúdo dos currículos, porém aproveitei bem os professores Amaro Quintas e Armando Souto Maior (que por sinal foram meus examinadores nas provas orais, aquelas com ponto e tudo), digo que me beneficiei porque passei em 1° lugar no vestibular e me distingui no curso, chegando a ensinar história ainda acadêmico, até enveredar por Direito e Filosofia.

 
ATOS BANAIS PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Te ofereço todos

os ângulos da dor de amar.

E os fáceis pontífices

em seus tronos de nacele.

 

 
LESMA PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

(de vital bestiário)

Entre ásperos cardumes de palavras secas

como cardo ou hulha

entre caminhos de apunhalante cacto esgueira-se

 
NOTAS SEM ALTURA (E POUCO POÉTICAS) PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Vital Corrêa de Araújo

Imaginem um poema caindo

do chão para o céu (absurdo)

e Cristo recalcitrante

 
DECLARAÇÃO VITAL PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

A poesia aforística que pratico em forma de monósticos, é lapidar... e produzida à maneira dos moralistas, que, segundo Joubert, são atormentados pela maldita ambição de pôr um livro inteiro numa página, uma (esta) página numa frase e tal frase numa palavra.

 
TRATADO VITAL DA POESIA PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Cláudio Veras

Especializei-me (horas de intervalo de aula e frios fins de semana de Heidelberg, nos últimos 15, 20 anos (a fio), em ler e defrontar, como se eu a escrevesse, a poesia de Vital Corrêa de Araújo (VCA).

 
VISÃO PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Leitor não moderno, antigo (relativo), da laia que pulula aos montes por aí, declara de logo que só é necessário (a seu espírito parco – ia escrevendo porco) o aparente, a máscara das coisas, o que apareça a seus olhos pequenos, ou seja, o medido imediato, dado não construído.

 
POSSESSÃO POÉTICA PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

VCA

À poesia – na acepção original do poeta atiçado pela imaginação, e não mera inspiração físico-romântica - compete a sensação do sobrenatural místico, órfico, em que está presente o êxtase da palavra, independente de regras anacrônicas que visam anular o imaginário, podar a qualidade, pela preponderância da quantidade (métrica, rima, ritmo de metrônomo e outras velharias).

 
POEMA PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Os vermes se rejubilam

dos cadáveres (mais ricos de podridão

e usura bursátil)

 
ARANHA PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Frágeis sigilos flutua

de sua convulsa arquitetura

teia de silêncio desfia elabora

 
TUDO PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Invólucros de sono dispersos no dia

colhia como cigarros apodrecidos

pelos dedos duros acostumados

 
HERÁCLITO OBSCURO E MAIOR PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Heráclito, o mais ilustre dos pré-socráticos, considerado o obscuro, por seu ínvio mas preciso pensamento, caracterizou sua filosofia (mesmo antes de Sócrates conceituar filosofia, como amor ao saber), dialeticamente, ao opor-se de frente (e de fundo), ao pensamento eleático dominante, a Parmênides de Eleia, cuja teoria centralizava-se na imutabilidade do ser (a não mudança era seu dogma).

 
ABSOLUTIZAÇÃO DA POESIA PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

O poema absoluto expande o poder presente e potenciais (da palavra) multiplica, toda a desmesura e maravilha da linguagem ultrapassa o sentido, dialeticamente. Permite ver mais e maior (por inteiro). Ela faz evoluir o ser.

 
CONTRA O EUISMO POÉTICO PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

A poesia absoluta contraria (e rima) a miopia da consciência vigendo, a busca do facilitarismo do entendimento e da compreensão imediata. Poesia é rima (e não rimam). “Cadê a rima? Não é poema.

 
EVOLVIMENTO PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

VCA

Insisto na questão selvagem forma versus conteúdo, clássicos parâmetros da poesia, distinguindo, porém forma e forma. Forma pura, que já foi tema de um miniensaio meu, redenomino de Poesia Absoluta.

 
CONFESSO A MIM PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

ao mestre e mentor poético

Sébastien Joachim

 

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 10 de 67

INFORMA DIGITAL

Revista Urubu

Singular

Papel Jornal

Jornal O Monitor

Textos Agrestes