Murilo Gun

Quem está online

Temos 22 visitantes em linha

Assista

Admmauro Gomes

Siga-nos



ÉDEN EM RUÍNAS PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   
Quarta, 03 Outubro 2018 23:23

O galope da pálpebra e um silêncio úmido

percorrendo o teto das casas do sono

cisnes perambulando na brancura

esgares derramando-se de gargantas em agonia nua

frio inóspito de alameda onde habitam sombras grita

ante áspero sal a rastejar do horizonte curdo.

 

Pássaros judiciais sobre relva rebelde tombam

sons despedaçando-se, cânticos em decúbito

e vozes nasais anunciando clarins mortos.

 

A legião angélica dispersa, demônios oblíquos

em debandada, espada decepadas, ávidas

asas virando cinzas, estampado o temor

em vermelho de martírio na testa de querubins vesgos

destroços do céu estrela cega, paraíso em polvorosa

Deus chorando, nimbo negro e plúmbeo

assoma às faces do firmamento ferido

pelas hostes epifânicas ensandecidas

e a dor funda de novo o mundo.

 

 

 

Comentar


Código de segurança
Actualizar