Murilo Gun

Quem está online

Temos 18 visitantes em linha

Assista

Admmauro Gomes

Siga-nos



Poemas
O VERBO É NOTURNO PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   
Sábado, 05 Janeiro 2019 15:51

Poemas são palavras espetadas na cerâmica do céu.

Palavras desesperadas por um sentido ou

luz macia (como doces para bocas)

 
ALGUÉM QUEM? PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   
Sexta, 04 Janeiro 2019 23:52

às amigas do Facebook

Alguém tem meus cílios leprosos

alguém truncou minhas pálpebras velozes

 
MEDITAÇÕES DO ABISMO PROFETA (VOCÊ CONCORDA?) PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   
Sexta, 04 Janeiro 2019 23:45

Anátema de pedra achei na boca do profeta

É das incertezas da inteligência e desvarios da razão que vem o poema.

Toda clarividência é cinza.

 
CINZA E NADA PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   
Sexta, 04 Janeiro 2019 00:15

Trevas passadas.

Cinzas por vir.

O escuro ainda vem.

 
DA MORTE PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   
Sexta, 04 Janeiro 2019 00:13

A morte arde

em câmara fria

(im)piedosamente sábia

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 3 de 157