Murilo Gun

Admmauro Gomes

Quem está online

Temos 26 visitantes em linha

Enquete

O que você achou do nosso site ?
 

Assista

Parceiros

Siga-nos



PoesiAbsoluta
ENEÁGONO DE MUSGOS PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

À passagem involuntária das horas

eu me recolho (insatisfeito furioso)

paciente do tempo, submisso do fluxo, me doo

 
URDUME DE NENÚFAR PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Pão ázimo para rei luzente

de abstrato cetro e trono adunco.

Sal para sede dourada das bestas

 
DEBRUÇADO SOBRE REKODRO PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Este olhar analítico debruçado sobre o lirismo desatado, o vigor imagético, a temática fundada no complexo cultural Nordeste do Brasil e Universo hebraico, sustenta-se,

 
SOB IMPACTO PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Sob o impacto dessa leitura invencível (fruto da insurreição solitária que o estro profundo propicia), acordo que o trabalho dos poetas é como o dos lírios

 
A PALAVRA SUPLANTA PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

O poeta Odmar Braga suplanta o árido (que pulsa em sua veia de pedra e sono, como viço ou alma) e o ávido (que o devora como ânsia reveladora do véu das coisas

 
O GÁS DAS CELEBRAÇÕES PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Subjugar o demônio, perder o melhor da vida.

Pó atônito, não acredito ser você.

A imensa parcimônia é o erro.

 
ACONSELHO LEITORAS PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Por encruzilhadas, não se deixe esganar

leitora tola. Mas, as vergue, desmanche.

Não dê as costas a escombros.

 
VERDADES PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Árduos códigos, exegese fria.

Pútrida hermenêutica os engolfam.

Mandamentos perderam dez vezes a validade.

 
AINDA PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

(aos filhos Cláudio Netto e Murillo Gun)

Sete poemas para o neto (ainda no útero do futuro)

longe da dor do real, da angústia viva

 
CORAÇÃO VERBAL PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Centro e ventre de um caminho enraizado numa das culturas mais antigas e complexas, mais poderosas e atuantes (a marrana), em que o sentido da presença e o alento

 
PEDRAS DE TOQUE PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Em apoio à admiração (o assombro que me toma) de que sou possuído ante poesia tão poderosa, eis que lanço, na cena da página, uma salva de pedras de toque,

 
REGIONAL = UNIVERSAL PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

A relação entre a nordestinidade e o universal em Odmar Braga, pelo fato dele encarnar a cultura hebraica originária, em sua perspectiva ou casta hispânica

 
LIBER TERTIVS DE ODMAR BRAGA PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

(A veia da memória uiva)

Vital Corrêa de Araújo

AB INITIO

 
NÃO INSISTA NA NECESSIDADE DE NADA ALÉM DA FÍSICA (MONÓSTICOS CINÉTICOS) PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

A odres do sal ofereça sede.

Minuciosamente sombras.

Ao sal epifânico.

 
VISÕES X PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

No fundo da mina improvável

diamante bruto que pulsa

como coração inocente.

 
OLHOS DO ABISMO PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

(luz do poço, sala

de (mal) estar da alma

falso aposento de anjo

 
VIDA DOS OLHOS (HINO DE FUGA) PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Como lume e sal olhar sega a pele

retalha sol navalha a fio

manhã seivando ainda o arredor

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 5 de 79

INFORMA GARANHUNS

Jornal O Monitor

Revista Urubu

Singular

Papel Jornal

Textos Agrestes