Murilo Gun

Admmauro Gomes

Quem está online

Temos 8 visitantes em linha

Assista

Siga-nos



BELEZA ABSOLUTA PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   
Quinta, 23 Novembro 2017 23:50

Narciso perde-se na busca

da beleza absoluta e se consuma

no recôndito sítio e impuro

de um espelho de água inconclusa.

Narciso não sabe

que a beleza é difícil e náufraga

de ilusão mortal filha

à ruína do rosto Narciso se devota

desposa face e lousa

ímpia fuga do outono prepara

que é de pedra e o cobre de glória.

 

 

Comentar


Código de segurança
Actualizar