Murilo Gun

Admmauro Gomes

Quem está online

Temos 45 visitantes em linha

Assista

Siga-nos



NO ENTANTO PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   
Quinta, 23 Novembro 2017 23:52

Palavras que a vida mais do que o dicionário lhe dá recomendando ainda que use mais de silêncio que de palavras. CDA

“O poeta moderno é um evadido da lógica, das masmorras das rimas, liberto das prisões da lógica formal” CDA. Das férreas grades das cadeias, do presidio das algemas da lógica e elos métricos e regras formais.

Linguagem despojada/matizada. Requinte (anaturalidade) e agudeza da linguagem.

Pausas/ímpetos. A linguagem deve estar de acordo com a vida. Concordet sermo cum vita.  Sêneca.

Renan dizia: se não dissermos que são admiráveis (ou calar ou dizer que só  bons ou maus, mais ou menos) os versos que nos apresentem à consideração a alguém importante - como pessoa de destaque afetivo ou financeiro-social – é o mesmo que dizer que não presta... e botar a lâmina da guilhotina social? No pescoço (ou glote). Abolir o leitor (é abolir a literatura). CDA

Mas nutrir com ração, dose, trago de silêncio.

 

Comentar


Código de segurança
Actualizar