Murilo Gun

Admmauro Gomes

Quem está online

Temos 35 visitantes em linha

Assista

Siga-nos



O GÁS DAS CELEBRAÇÕES PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   
Segunda, 14 Maio 2018 18:23

Subjugar o demônio, perder o melhor da vida.

Pó atônito, não acredito ser você.

A imensa parcimônia é o erro.

 

Procissão de sombras do pátio noturno.

 

Do claustro curvo do soturno convento (anal).

 

Rumos noturnos sigo como ao coração.

 

Dentro da bífida noite, cegas serpentes se despelam.

Inocentemente.

 

Pálida luxúria destilam ao invés de veneno.

 

Estamentos nus, cômputos mudos, tramas de salivas.

 

Graça insone parece pesadelo.

 

A noite propicia graça do amanhecer.

 

 

Comentar


Código de segurança
Actualizar