Murilo Gun

Admmauro Gomes

Quem está online

Temos 82 visitantes em linha

Assista

Siga-nos



3 POEMAS PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   
Terça, 16 Maio 2017 14:06

Através da veia vem o poema

direto à página suja da vida

se locupleta do insosso leitor

o atropela detidamente.

 

Ataúde de água, berço de pó

te aguarda, amiga sonsa

ávida nuvens ouves

te bebem rosto alísio aves pétreas

das abôbadas dos olhos bovinos vagas

a escutar rumor velho de estrela

som prolongado de sombra nua

ou pasto sem Deus onde

coagule o nome.

 

LEVAR

 

À sede freática irás

lençóis devassos não lavarás.

 

Comentar


Código de segurança
Actualizar