Murilo Gun

Quem está online

Temos 36 visitantes em linha

Assista

Admmauro Gomes

Siga-nos



TEXTO ANTI PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   
Quinta, 25 Janeiro 2018 19:45

Este texto escrito do pântano, dos brejos de Água Preta, à madrugada de 17 a 18/12/2015, trata da carência que enfermiza e infertiliza professores e que redunda em ato e fato de alienação literária, efeito sistemático da ausência de talentos, decorrência portanto de deficiente preparação.

Ou defeituosa educação bloqueante do soberbo imaginário.

 

Refiro-me ao estudo (ou estado) tão pouco crítico (tampouco evitável), retórico, ácido ligeiro, superficial, desinovador e desvalido da literatura... devido ao atraso que não ensina a reconhecer novos valores artísticos (ao contrário os temer) e perscrutá-los e escavá-los, porém ocupados em cultuar o passado como definitivo. Machado, Machado, só Machado, 80% Machado, o único e imbatível romancista definitivo do Brasil... todos os outros pós-machadianos são inferiores hic et nunc. Eis o complexo de inferioridade que devasta a literatura brasileira.

ao inextinguível fogo da juventude, a VCA, o outro.

 

Comentar


Código de segurança
Actualizar