Murilo Gun

Quem está online

Temos 110 visitantes em linha

Enquete

O que você achou do nosso site ?
 

Assista

Parceiros

Admmauro Gomes

Siga-nos



ELEMENTOS VITAIS DO CONTO PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Ação: atos ou atitudes dos personagens que compõem o enredo: o agir, o fazer, o acontecer, tudo se desenvolvendo em processo que busca um desfecho ou clímax,

ou seja, numa seqüência que forma a linha de ação que não deve ser enfraquecida, desvirtuada, abandonada. Algo acidental, um aspecto da ação inicial pode se tornar o coração do enredo, em torno do que, acidente ou incidente, a história se desenrole.

 

O desfecho ou desenlace, o clímax ou dénouement (em francês) é o ponto vital do conto, mas pode ser seguido de epílogo ou comentário (moral, religioso, filosófico).

Em conto, acontecimentos triviais demais, ações banais extremadas aborrecem, como a Valéry, em poema.

Enredo é como a estória é contada (não confundir com fábula, que é o que é contado, uma síntese da ação); enredo ou intriga ou trama, plot (em inglês, sujet em francês) é o encadeamento dos episódios, sua organização.

Recomendo que o estudante, aquele que se inicia no conto, deva escrever textos sem previamente classificar, como se estivesse encomendando-se. Escreva, como exercício, crônica, descrição, narrativa, fábula, história infantil, breves contos, pensamentos. E apresente esses textos a escritores, tais como os da UBE, entidade, cuja definição e papel é orientar os novos. Aos estudantes e às professoras (ou professores) o aviso válido para os navegantes do mar misterioso da literatura.

 

Comentar


Código de segurança
Actualizar

INFORMA DIGITAL

Revista Urubu

Singular

Papel Jornal

Jornal O Monitor

Textos Agrestes