Murilo Gun

Quem está online

Temos 56 visitantes em linha

Enquete

O que você achou do nosso site ?
 

Assista

Parceiros

Admmauro Gomes

Siga-nos



PRAGA HUMANA PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Deus criou o mundo com apuro e candura. Com inúmera complexidade (de detalhe e lógica) e caprichosamente.

Pois assim Ele o é. Criou. Pássaro, rosa, pedra, cristal, geometrias (euclidiana, pascalina, pós-euclidiana, quântica), fractais, física (inclusive quântica), horizonte, sol, satélite, estrela, água, tempo, rio, terra, ar, mar, peixe (52.000 espécies). Tudo Deus criou com parcimônia (ou não) e divo capricho. Tudo com infinita candura e apuro desmesurado. (Também Ele inventou a hybris, a quimera e o luar). Tirou tudo de sua diva (e sem fim) imaginação. E aperfeiçoou depois. Antes, produziu uma enciclopédia, cujos verbetes inúmeros e minuciosos continham tudo o que devia (e como) existir. Borges copiou parte dela. A todo esse continente deu conteúdo. E seguiu à risca esse sublime planejamento.

 

Levou sete etapas (chamadas dias, após ter criado o tempo e a Bíblia. Além do óbvio espaço. E dos mais óbvios ainda hermeneutas, criados para interpretá-Lo indemoniacamente. Suou. Do generoso e inaudito esforço. E no sétimo dia descansou. (Que ninguém é de ferro, nem Deus).

Divas (e grossas) bagas de suor rolaram do rosto inóspito – porque ninguém O vê, do criador, escorreram de sua face sem fim. Chegando a molhar o chão da oficina, isto é, o solo do éden, lugar por Ele escolhido para estender (ou armar) Suas pranchetas. Nota: Depois, Deus teve de fechar o éden. Desativou-o, porque teve problemas com a última criatura – o tal de Adão e sua víbora, digo, vibrante Eva sensual, de seios macios como uma maçã.

Antes dar por terminada sua criação – e partir para outra, um anjo meio esquerdo, tipo alumbrado intelectual, disse: Senhor, tá tudo ótimo, bem feito e sei que funciona, pois o Senhor é Deus. E criou tudo perfeito, como é de se esperar de Deus. Mas bote algo a mais, para dar colorido e movimento. Deus, então, redarguiu: mais matiz do que as múltiplas e variegadas cores das flores e nuances dos pássaros? Atônito, mas seguro, o anjo disparou: Sim, Senhor! Crie uma praga. Só uma. Então, Deus, já irritado, além de muito cansado das fadigas do Gênesis, criou o homem.

Obs. Se arrependimento matasse, Deus não seria eterno.

 

Comentar


Código de segurança
Actualizar

INFORMA DIGITAL

Revista Urubu

Singular

Papel Jornal

Jornal O Monitor

Textos Agrestes