Murilo Gun

Quem está online

Temos 8 visitantes em linha

Enquete

O que você achou do nosso site ?
 

Assista

Parceiros

Admmauro Gomes

Siga-nos



VIVER OU MORRER PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Viver é simples. O problema é se manter vivo. Precisamos ingerir nutrientes sãos, expelir excrementos mais ar inalar sempre (lógico que com oxigênio O),

tudo para evitar o pior: que nossas queridas células morram de tédio (caso nada disso aconteça). Todo o resto é opcional. Conforme The big bang theory e a filosofia. Viver é negligenciar a morte.

 

E viver sempre. Se você quer ser imortal, transfira sua consciência (que o mata) para uma máquina, e dê imortalidade à carne. Ou faça upgrade para outra carne. Sobretudo, não pense, goze. Segundo consta, se você sofrer muito nessa vida, será feliz na outra, compensatoriamente. Se você foi compensado, vai madeira de lei legal.

Quanto dura a eternidade?

Onde ela termina?

Em Deus, no infinito, na fronteira do ser e o nada?

E os lábios dos relógios o que beijam?

O átimo ou o sítio?

O instante ou o século?

O tempo luz ou é cego?

O tempo é vivo? Morde?

Tem víscera e coração?

Ou é um sopro do fim

e uma plenitude infindável e muda.

Ou eterno só será o instante.

E o presente um estado

dele em nós?

 

Se algo vibrar além do coração

em mim

é o tempo em ti.

 

Comentar


Código de segurança
Actualizar

INFORMA DIGITAL

Revista Urubu

Singular

Papel Jornal

Jornal O Monitor

Textos Agrestes