Murilo Gun

Quem está online

Temos 20 visitantes em linha

Enquete

O que você achou do nosso site ?
 

Assista

Parceiros

Admmauro Gomes

Siga-nos



LUZES DOENTES LUME DO ENTE PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Vestíbulos cegos, vocábulos loucos.

Caminho pela beira octogonal de água

e a tarde estival afrouxa as arruelas.

 

Fica comigo tarde antes que a monótona noite

alcance meu olhar vespertino e o destroce.

 

Eu não busco ouro, mirra, prata cilíndrica

não busco esperança, fama, coisas lisas

eu busco axilas.

 

Herói não ama.

 

Ama mapa e olho de borboleta.

 

Também nuance e libélula lauta.

 

Comentar


Código de segurança
Actualizar

INFORMA DIGITAL

Revista Urubu

Singular

Papel Jornal

Jornal O Monitor

Textos Agrestes