Murilo Gun

Quem está online

Temos 13 visitantes em linha

Enquete

O que você achou do nosso site ?
 

Assista

Parceiros

Admmauro Gomes

Siga-nos



SILÊNCIO DE LUZ PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Silêncio da luz perpétua desperta túmulo

assalta pássaro melancólico ou metálico

sobre lápide (com duas fatais datas)

pássaros de asas desalmadas

e canto obsceno ocupam-se

com o possível da imagem

e da entranha do voo que não é jaula

a olhar jângal que deixou na casa

ó mundo decadente de escórias fundado

 

o que reste do grito violinos do outono devorem

como a submissos bemóis falsa pauta

o que sobre da paisagem olho inocula na alma

a cinza sobrevivente vive do incêndio da anágua.

 

Vige treva

coração escuro viceja.

 

Comentar


Código de segurança
Actualizar

INFORMA DIGITAL

Revista Urubu

Singular

Papel Jornal

Jornal O Monitor

Textos Agrestes