Murilo Gun

Quem está online

Temos 14 visitantes em linha

Enquete

O que você achou do nosso site ?
 

Assista

Parceiros

Admmauro Gomes

Siga-nos



A UM AMIGO MAU PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Entre música e silêncio náusea

pausa nua e búzio

mar arremeda

eco anêmico ocaso intenso músculo

entre trama e flores puritanas relaxa

a têxteis pássaros urdidos do ar catam

de Éolo vestígios exatos

pedra ilusa cria

do espaço e da vigília torna-se

rocha esplêndida

da mão e do longe então

alto tecelão do tempo enleia

ma(i)s além da papoula e do imago, linho

inconfidente, férreo, caudaloso

lavado de grito (das pérolas do suor ungido)

rigoroso como semente (ou horizonte)

em sua odisseia íntima, podre, vital

alheia-se (linho).

 

Comentar


Código de segurança
Actualizar

INFORMA DIGITAL

Revista Urubu

Singular

Papel Jornal

Jornal O Monitor

Textos Agrestes