Murilo Gun

Quem está online

Temos 1070 visitantes em linha

Enquete

O que você achou do nosso site ?
 

Assista

Parceiros

Admmauro Gomes

Siga-nos



ARREIOS, URNAS E BOLHAS DE WALL STREET S.A. PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

a Ectábana

ao paralaxe

e aos patíbulos de ouro

onde moeda válida é sexo infantil

a hecatombes de borderôs

e desbêntures sem valor

 

Arreios e urnas a agiotas de prata

ou compradores dos votos brasileiros.

 

Escombros de seda sobraram

do último bursátil espetáculo

 

e destroços azuis de teu coração leiloado.

 

Nojo de ágio e dor de despojo sobrepujaram

certezas, axiomas, desilusões filosóficas, amixas.

 

Pedras biliares que espelhos de cirúrgica prata retratam

(dispostas à turras nas avenidas vesgas

deterioradas mas graves tundas pláticas

a perambular entre ruínas equatoriais

entre fotos de vísceras amaralhadas), pedras

que palmilhem o último rumo dos caminhos.

 

Das tendas acústicas onde ainda crepitam

areias beduínas vêm surdas ruínas

como se dilúvios de fogo se estendessem

aos atos hospitalares enfermos e contábeis.

 

Comentar


Código de segurança
Actualizar

INFORMA DIGITAL

Revista Urubu

Singular

Papel Jornal

Jornal O Monitor

Textos Agrestes