Murilo Gun

Quem está online

Temos 47 visitantes em linha

Enquete

O que você achou do nosso site ?
 

Assista

Parceiros

Admmauro Gomes

Siga-nos



ÀS BARATAS REPUBLICANAS PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Da petisqueira de mãe bê

e dona Isabel Cavalcanti bisavó de MVGUN

Baratas saudaram a républica a república da cristaleira

da vovó mãe Bê, sob a democrática bandeira

do rastilho de bolacha e tacos paônicos.

Que o DDT não detenha as lembranças.

Para faminto presa de sua penúria

a liberdade do pão.

 

Sou a pedra do cais de tua partida.

O ferro da âncora de tua chegada.

 

Sou adepto dos portos mortos

(e sepultos). E dos hortos ruins ou magoados

 

Prantos que regreção rosas tristes

feitas de solidão e aridez príncipe.

 

Nunca reme a favor da maré

ela a levará aonde você não quer

e para ninguém. Ou para nenhum onde.

Exatamente para quando você não queira ir ou ser.

 

Severo sol e sua luz rigorosa

desfecha lâmpadas e punhais de calor

no dorso calcinado da caatinga.

À noite propiciatória

 

de origens

A origem do sul é a noite

e o mistério das angras.

A origem de si é o ego

analfabeto.

 

Um homem esfaqueado de cactos

de cardo irredimido

sob punhal lírico da rosa de outubro

estrebucha ainda.

 

Note bem: Hoje, só o hímen é platônico.

 

Comentar


Código de segurança
Actualizar

INFORMA DIGITAL

Revista Urubu

Singular

Papel Jornal

Jornal O Monitor

Textos Agrestes