Murilo Gun

Quem está online

Temos 11 visitantes em linha

Enquete

O que você achou do nosso site ?
 

Assista

Parceiros

Admmauro Gomes

Siga-nos



INEXPLICAÇÃO NECESSÁRIA - (parte do introito) PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Isso não é um romance, um romance meio que instantâneo e sem causalidade física, psíquica, emocional,

porém com complexidade extensa e dotado de particularidades excelsas. Caracterizado por singularidade absoluta.

 

Por que Isso não é um romance é um romance? Porque sim.

Mesmo não tendo jeito, forma, aspecto, aparência, semelhança, estilo, caráter etc de romance, Isso não é um romance é um romance. Nem mesmo tem preço de romance, pois é muito mais caro, graças à expansividade intrínseca do texto. Decorrência do PIB literário e das expensas totalitárias de sempre irremediavelmente insanas. Como o romance Isso não é um romance seja.

Como bem dito, Isso não é um romance compõe uma trilogia. Ele é o terceiro da fila, o fim da cauda narrativa(?). Pois, Isso não é um romance é um  romance que começa pelo fim. Isso seria um romance?! Na realidade, nem eu mesmo o sei. Inaugura o tríduo (tríbio) romanesco. Isso não é um romance é o final da trilogia, embora seja o começo.

O feito farto é que o fecho da futura trilogia, o romance Isso não é um romance, foi composto, elaborado, narrado, debruçado, esculpido a lápis, costurado a lírio, bolado, estampado na página, rasgado na lauda, isto é, a mancha gráfica manuscrita de Isso não é um romance custou nove dias.

 

 

 

Comentar


Código de segurança
Actualizar

INFORMA DIGITAL

Revista Urubu

Singular

Papel Jornal

Jornal O Monitor

Textos Agrestes