Murilo Gun

Quem está online

Temos 48 visitantes em linha

Enquete

O que você achou do nosso site ?
 

Assista

Parceiros

Admmauro Gomes

Siga-nos



ALVORADA DE LAUREIS PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Toda alvorada é ébria.

Toda nação circunflexa.

Todo laurel escuro.

Todo lençol lascivo.

 

Purpúreo o tempo

em que o divo não era moribundo.

 

Herdeiros do sal

e do espólio noturno

o átimo.

 

Ébria gaivota pousa em gávea lenta.

 

Comentar


Código de segurança
Actualizar

INFORMA DIGITAL

Revista Urubu

Singular

Papel Jornal

Jornal O Monitor

Textos Agrestes