Murilo Gun

Quem está online

Temos 20 visitantes em linha

Enquete

O que você achou do nosso site ?
 

Assista

Parceiros

Admmauro Gomes

Siga-nos



A MINHA LEITORA (Rosto abandonado) PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Arranque, leitora, a máscara

ela é maquiagem, o rosto base.

Comece a decifrá-la (máscara)

ou abandone o rosto para sempre.

 

Desfaça-a

ela apodrece o rosto.

 

Jogue fora o aparato da aparência

ilusão não é alicerce, nem destino.

 

Não faça do rosto outra máscara

(ou deixe-a ser definitiva)

 

Nunca admita

máscara é verdadeira

 

máscara é aparência

do rosto abandonado.

 

Lave sempre sua preciosa máscara

diariamente com sais de sombra branca.

 

Aprenda, leitora, cedo, logo, a viver

sem máscara para ser feliz (?).

 

Mas nunca deixe que de dúvida se ensombreça

tua amada máscara dolicocéfala.

 

Mas nunca arranque

máscara a frio

 

lesiona o rosto

atropela a alma.

 

(Nudez da máscara

verte teu rosto).

 

Comentar


Código de segurança
Actualizar

INFORMA DIGITAL

Revista Urubu

Singular

Papel Jornal

Jornal O Monitor

Textos Agrestes