Murilo Gun

Quem está online

Temos 19 visitantes em linha

Enquete

O que você achou do nosso site ?
 

Assista

Parceiros

Admmauro Gomes

Siga-nos

Textos Agrestes



TENHO DITO PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Se foi por mim que muros caíram

ruíram utopias, sagas se despedaçaram

se foi por mim que o fogo bebeu

eloqüente cidadela e heróis estertoraram

na pira erótica da fortaleza consumida

pelos incêndios da ira, pela memória do mármore

se foi por mim que das veias dos valentes

vencidos sangue esgotaram

e Aquiles trucidou Heitor na soberba vendita

e as lágrimas altivas de Andrômaca

ladrilhos de Troia inundaram

(e fizeram gemer azulejos da Ásia)

se foi por mim que Pátroclo foi empalado

como um verme, uma corça, um cravo

e pelos lendários e ilíadas cavalos pisoteado

se foi por mim que aqueus a Ajax destroçaram

no calor inclemente da peleja, guerra de inominada fama

se foi por mim que lágrimas de Príamo alagaram

planícies de sangue e corações de ferro.

 

Sim, foi por mim, poeta

por meu amor a Homero

e pelo simulacro de Helena de Troia.

 

Comentar


Código de segurança
Actualizar

INFORMA DIGITAL

Revista Urubu

Singular

Papel Jornal

Jornal O Monitor

Instagran Usina VCA