Murilo Gun

Quem está online

Temos 9 visitantes em linha

Enquete

O que você achou do nosso site ?
 

Assista

Parceiros

Admmauro Gomes

Siga-nos

Textos Agrestes



VERDADES (QUASE VERDADEIRAS) PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Uma andorinha não faz inverno

verão.

Já duas andorinhas trazem

largo verão em suas asas líquidas

(inferno tropical).

 

O amor nasce do baço.

 

Fígado de fidalgo

é mais tenro

que víscera de facínora.

 

A causa suficiente do amor

é a ira áurea

vertida do vaso de um dia amaro

(ou de uma ânfora lunar minguando)

ou do oco coração do homem para

poço de estrelas de Mileto.

O verdadeiro amor está fora

dos poros efêmeros

está além dos dentes e dos beijos

(longe do respeito abdominal

ou do beijo católico rigoroso).

 

É fruto do ósculo agápico.

Tem a ver com a essência da saliva.

Não com o estalido (cicleteante e corrosivo)

dos lábios comungando.

 

Comentar


Código de segurança
Actualizar

INFORMA DIGITAL

Revista Urubu

Singular

Papel Jornal

Jornal O Monitor

Instagran Usina VCA