Murilo Gun

Quem está online

Temos 30 visitantes em linha

Enquete

O que você achou do nosso site ?
 

Assista

Parceiros

Admmauro Gomes

Siga-nos

Textos Agrestes



QUANTUM DE CRUELDADE PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   

Quanto crueldade leva a luz

a iluminar a morte

declará-la como estipêndio

de viver a claridade livre de ser.

 

A carne adere ao cerne

se agarra ao uivo da manhã

enforma a alvorada

contagia a puberdade.

 

O que negas constróis

o que te falta

em mim sobra

sou a quimera

tu, mera harpia.

 

 

Comentar


Código de segurança
Actualizar

INFORMA DIGITAL

Revista Urubu

Singular

Papel Jornal

Jornal O Monitor

Instagran Usina VCA