Murilo Gun

Quem está online

Temos 15 visitantes em linha

Assista

Admmauro Gomes

Siga-nos



Diversos
CESSA A PROTAGONIA DO VERSO PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   
Quarta, 06 Novembro 2013 13:32

VCA

O impassível crítico e ensaísta dos melhores da atualidade e professor de literatura comparada em Genebra, Georges Steiner (de quem li, reli, tresli sete de suas obras mais recentes) define, situa otimamente literatura, ou seja, sua extrema serventia: “libertar a linguagem da utilidade imediata e da necessidade (obsessiva como a têm os poetas) única de comunicação; ela eleva a palavra à palavra acima do discurso comum”.

 
BASHÔ PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   
Quarta, 06 Novembro 2013 13:30

Súbito estanco esta crônica, que manuscrevo de minha escrivaninha de cedro do Mosteiro (após noite irmanada, vinho e amizade como brindes, nas mesas do pub íntimo DATERRA) para sentir no rosto e na alma frio cálido (e noturno) penetrar janela aberta, a dentro, e defronte ver vulto das folhas de bananeira meu olhar deslumbrando-se ante relevo mineral das colinas de Garanhuns. A propósito, uma jia, entre a bananeira noturna, me lembrou um haicai de Bashô:

 
BARBOSA LIMA PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   
Quarta, 06 Novembro 2013 13:29

Alexandre José Barbosa Lima Sobrinho nasceu no Recife em 22 de janeiro de 1897. Após os estudos secundários que fez no Colégio Salesiano, ingressou na Faculdade de Direito onde concluiu o curso de bacharel. Barbosa Lima foi basicamente um jornalista. Começou a escrever no jornalzinho do colégio, mas aos 15 já era repórter dos grandes jornais do Recife. Sua longa vida foi exemplar: Político honrado, representou Pernambuco na Câmara Federal em três legislaturas, foi governador do Estado, presidente do Instituto do Açúcar e do Álcool, membro da Academia Brasileira de Letras e presidente da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) por vários períodos. Barbosa Lima combateu o governo de exceção (1964/1985) e foi um dos lideres da derrubada do presidente Collor, casado com a corrupção. Na mocidade, Barbosa Lima foi atleta do seu clube de coração, o Náutico. Faleceu ainda como jornalista ativo, aos 103 anos, no dia 16 de julho de 2000, no Rio de Janeiro.

 

 
ATRAVÉS DE ROGÉRIO GENEROSO PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   
Quarta, 06 Novembro 2013 13:28

Vital Corrêa de Araújo

É preciso atentar, ao ler Rogério Generoso poeta, que as frases (versos) que constituem ou lastreiam a linguagem poética carecem do valor (ou avaliação) de falsa ou verdadeira. Verdade, que atribuímos ao território da ciência, como referência ou prática, como algo objetivo; ou ao campo da filosofia, como reflexão teórica, como visão subjetiva do objeto (mundo/homem).

 
AREIAS MOVEDIÇAS DA FILOSOFIA PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Administrator   
Quarta, 06 Novembro 2013 13:27

ao filósofo Reginaldo Oliveira

O século XX foi pródigo em violência, guerras, mortes, holocaustos, extermínios: Hitler, Stalin, Mao, Kmer Vermelho, Pinochet, Franco, Salazar, muitos desses totalitarismos violentos, desmedidos foram edificados, postos em sádica prática em nome de utopias, progresso social, purificação, aperfeiçoamento do humano, etc.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 9 de 19