POESIA VIDA Versão para impressão
Escrito por Administrator   

Busco arquétipos do teu olhar no céu do sul

na revolta das águas do mar rosto perdido

liça encapelada do sorriso nos dentes belos


na íris incansável do abismo ouro do viço

nas gemas enterradas dos milênios cascos

do cavalo que alimenta páramos

das artes ópticas dos felinos

embuçados das noites do sertão teu gozo

encastado nos engastes dos gemidos

 

nas canções de velhos marinheiros

e nos versos de mortas cantorias busco

teu nome, reflexo do que és, vida.