CADEIRA ABAIXO LADEIRA ACIMA Versão para impressão
Escrito por Administrator   

Ladeira abaixo deixo o verbo subir

a pódio horizontal da página infatigável

(como Borges).

Cadeira acima fui entretecendo-me palavras até

à seda... e bebi licor de teu mamilo esquerdo

para minha sede destra apaziguar

do pote de teu cio azul (e ereto).