PAPEL DE MORTALHA Versão para impressão
Escrito por Administrator   

Primo: devia ser preta como a morte.

Nus langorosos e dubitáveis, adoro.

Se a eternidade é de palha

 

 

e a seara de dor

que a pira do tempo

e a cratera do vinho venham.

 

Teu útero é azul.

 

Luz azul cor da chama

chama cor.

 

Para eterna sede eterna fonte.