CANTO ÍTICO Versão para impressão
Escrito por Administrator   

(Do ciclo Cambriano)

DE HOLDERLIN

Estrelas caiam-lhe no rosto

do rosto brilhos pulsavam

 

 

como astro não distante.

 

Olhos fustigados por brasas

sois saindo de sua alma

 

a lucidez perfeita nele ancorava

(enquanto longa loucura durasse).

 

Aos 40 anos de insânia poética

deHorderlin

 

(Por que Deus o inebriou (aos 32 anos)

o poeta da essência O ameaçava?)

Rosas do inverno

aquecemcoração

 

aquiescecoração

sombra do inverno.

 

Paira incomensurável abismo

rosto

já perdeu as máscaras vivas

cântaro de náusea, torrente

de desatinadas palavras

insensatez da vida

opróbrio de ser

se oferecem a ti

(leitora drástica): não recuses.