VIDA NÃO É SONHO Versão para impressão
Escrito por Administrator   

Habitar a alma é o que menos fazemos aptos do corpo

peritos externos, gurus da contabilidade da matéria que não

se enfronham no sopro e dedicam-se a inventários dos dias

da carne e borrão dos inúteis orgasmos.

O espírito vaza, a ausência viva reina, vige a brita da alma.

E o baralho une a família junta à alvenaria da pele.

Vale a escória da emoção humana, não vale a palavra absoluta.

Só inedeficas, inidificas, és pó, não espírito.

O sofrimento do homem é sagrado, justo, necessário.

Existir é a única realidade. Existir: ser para morrer.

Morro, logo existo! (Só existimos na morte

Significação final do mundo ou insignificância total.

Deus detesta transmetrópoles e âmbito urbanos multidões anônimas.

Viver é dor. A vida não é um sonho.