SEDUÇÃO DO BASILEU Versão para impressão
Escrito por Administrator   

Erguerei muro duradouro do futuro defronte do apocalíptico aviso: esperem mil tsunamis (ou desistam).

Com a cal da palavra venço o cosmo. Seguirei rumo da palavra que transforme verbo em invisível alimento do mundo.

 

Do sêmen de Lúcifer Cain veio, a tão recatada Eva também.

Palavras do poeta serão leis do mundo.

Basílicas severas vejo da taça ébria levantarem-se

agulhas líquidas apontado o vidro do céu.

E vi o cavalo que bebia o horizonte apocalíptico sem sofreguidão.

Muitos séculos construíram, seus ombros suportaram essa rua, essa palavra, os ângulos, as veias e a pletora de pântanos contínuos se ultimando da monótona eternidade o conceito envelheceu e tudo estaria estilhaçado se um cão cretense perseverante espertamente não mordesse o próprio rabo e Minos não engravidasse a vaca.