VERDADE OU VERME Versão para impressão
Escrito por Administrator   
Sexta, 28 Dezembro 2018 13:26

Amontoado coração brilha

como palavras acantonadas

no íntimo devasso da amada

prenhe de êxtases estelares.

Navego nas acetinadas águas

leves profundas do gozo

destino náufrago

a vida veio da água

veio de pedra, escolho

lume que rasteja

soma animal da alma

homem sem trégua ou frágua

ascese da guerra vital

hora do retorno natal.